Artigo

Carlos Santana: "Beyoncé não é cantora"

Carlos Santana disse esta quarta-feira (15) estar arrependido e elogiou a cantora norte-americana Beyoncé, depois de ter sugerido que foi merecido perder o Grammy de melhor álbum do ano para a britânica Adele.

Carlos Santana disse esta quarta-feira (15) estar arrependido e elogiou a cantora norte-americana Beyonc

Em entrevista a um meio de comunicação australiano, Santana considerou que Adele deveria ganhar este prémio, porque "pode cantar, cantar". "Beyoncé é muito bonita para olhar e tem mais uma música para desfile, uma música para apresentar um vestido. Não é uma cantora. Com todo o respeito por ela", disse, segundo as declarações transmitidas pela agência de notícias Associated Press Australia.

Já Adele "não leva todas essas bailarinas e acessórios, pode simplesmente ficar de pé e cantar a sua música, e isso é tudo. Essa é a razão pela qual vence", acrescentou.

O guitarrista, atualmente em digressão pela Austrália e Ásia-Pacífico, afirmou mais tarde que queria elogiar Adele, não criticar Beyoncé. "Lamentavelmente, meus comentários sobre Beyoncé foram tirados de contexto. Tenho um grande respeito por ela como artista e como pessoa", escreveu no Facebook.

"Merece todas as recompensas obtidas. Desejo o melhor para ela e para a sua família", completou.

Quando recebeu o Grammy de melhor álbum, Adele frisou que Beyoncé merecia o prémio pelo seu álbum "Lemonade".

Carlos Santana, líder do grupo Santana, venceu com sua banda o Grammy de melhor álbum no ano 2000, por "Supernatural".

Comentários