Artigo

Cantora Guida em Cabo Verde para o primeiro concerto no arquipélago

A cantora, descendente de cabo-verdianos, atua este fim de semana no Cockpit, cidade da Praia.

Cantora de origem cabo-verdiana

Guida está em Cabo Verde para a sua primeira apresentação no arquipélago. Em conversa com o SAPO, a jovem cantora explicou que já esteve outras vezes no país, de férias, mas que esta é a sua primeira visita a trabalho.

A artista, de 19 anos, é filha de mãe bravense e pai de Santiago mas nasceu e cresceu em Portugal, onde ainda reside.

Conta que começou a cantar por volta dos 12 anos em "festas de bairro". "Não tinha ainda a noção do que eu queria mas já tinha aquela ideia".

Aos 13 gravou o primeiro tema, de sua autoria, e a partir daí andou lado a lado com a música até encontrar o seu atual agente, Ary Lopes, com quem assinou um contrato aos 18 anos.

"O meu gosto pela música começou com Pop/R&B, sempre cantei muito Rihanna, Beyoncé ... só que depois comecei a ouvir também Kizomba, a cantar temas nesse estilo e optei por ficar pela Kizomba", diz.

Há cerca de um ano que Guida dedica-se integralmente à música, de forma profissional, e garante que tem sido um sucesso. "Tem sido realidade. Vejo que há mais pessoas com um carinho por mim, aderiram muito mais. Hoje sinto que posso ser o ídolo de alguém e é uma responsabilidade enorme".

Desde que faz parte da AryProMusic, Guida já lançou quatro singles: "Irei Te Provar", "Pra Mim Chega", "Ficar Contigo" e  "Bo É". A jovem cantora, que compõe os seus temas, quer lançar, ainda este ano, o quinto single.

Quanto ao primeiro álbum, Guida ainda não pensa muito nisso."Para um álbum ainda tenho que trabalhar um bocado porque um álbum requer muito suor. Também não quero fazer nada assim à toa. Quero trabalhar e sentir que cada música vai tocar as pessoas", justifica.

Além de shows em Portugal, já levou a sua música a França e Inglaterra. Guida prepara-se agora para mostrar ao público cabo-verdiano o seu trabalho pela primeira vez.

Guida atua este sábado, 14, no espaço Cockpit pelas 23 horas. "O concerto vai ser o máximo. Temos que fazer o melhor concerto da época", frisa.

Salienta que gostava de atuar também em outras ilhas e remata: "Aos meus fãs de Cabo Verde, venham ao meu show, vão se divertir, vão adorar imenso e vai ser uma experiência única".

Comentários