Artigo

Sia e cantora mexicana fazem concertos para apoiar direito ao aborto

Sia

Vencedora de oito Grammys Latinos com o seu álbum "Hasta La Raíz", Lafourcade atuará a 10 de setembro em Cleveland, no estado do Ohio, num concerto que contará também com a atuação da norte-americana Sia.

Vão decorrer concertos simultâneos em Atlanta, Chicago, Miami e Filadélfia. A associação de organizações pelos direitos da mulher All Access disse que os concertos e outros 30 eventos mais pequenos em todo o país serão realizados com a intenção de mobilizar os defensores do direito ao aborto, um tema altamente polémico na política norte-americana.

O Supremo Tribunal legalizou o aborto em todo o país em 1973, mas os congressistas que se opõem moralmente a esse direito impuseram uma série de regras destinadas a dificultar o acesso das mulheres aos serviços de interrupção voluntária da gravidez. De acordo com a All Access, cerca de 90% dos condados dos Estados Unidos não têm qualquer centro para a realização de abortos.

"Há muito apoio para uma sociedade inclusiva e equitativa e é tempo de mostrarmos o nosso poder coletivo", disse Sia, num comunicado divulgado pela associação.Nascida na Austrália e radicada na Califórnia, Sia é autora de sucessos como "Chandelier", "Titanium" e "Cheap Thrills".

Após compor canções para outros artistas, lançou a sua carreira tentando preservar um certo anonimato nos concertos, nos quais se apresenta com uma peruca loira e preta, com a qual cobre parte do rosto. A cantora atuou no último fim de semana no festival MEO Sudoeste, na Zambujeira do Mar.

A atriz Leslie Jones, protagonista da nova versão do filme "Caça-Fantasmas", também estará presente num espetáculo na cidade de Cleveland, em Ohio, um dos estados-chave nas eleições de 8 de novembro.

Comentários