Artigo

Tutu Sousa promove na Rua de Arte convívio artístico e social com os idosos da Casa de Castelão

A Rua da Arte, em Terra Branca, zona metropolitana da Cidade da Praia, promoveu hoje uma iniciativa com os idosos da Casa de Castelão, para um contacto artístico e de convivência social.

créditos: Inforpress

Em declarações a Inforpress, o pintor “Tutu” Sousa, criador da Rua da Arte em Terra Branca e promotor do evento, disse que a ideia advém da sua responsabilidade social enquanto artista, sendo que neste âmbito é para levar os idosos a apreciarem o que é “belo”.

“Foi uma parceria criada de uma forma natural, há já alguns anos, quando doei algumas das minhas obras para o lar de idosos de Castelão, como gesto beneficiário e, hoje, eles estão reunidos nesta iniciativa de convívio benemerente, social e artístico”, esclareceu o artista Tutu Sousa.

É que segundo o pintor, esta parceria nasceu da aproximação da Casa de Castelão, ao conhecer o trabalho criado pela Rua de Arte, uma vez que divulgado, tem despertado a “curiosidade” de muitas associações neste projecto de divulgação da pintura em paredes exterior das casas.

“Eles prontificaram-se em se organizarem para os artistas da Rua de Arte e isto demonstra um reconhecimento do nosso trabalho “, notou.

E esta aproximação de uma casa de idos demonstra, segundo Tutu Sousa, que a arte “não tem fronteiras, não tem idade e barreiras”, porque esta iniciava representa reconhecimento do trabalho e aproximação entre os jovens e os mais velhos.

“Quando se vê uma aproximação de um lar de idosos a um clube de artistas pintores demonstra que tudo que a Rua de Arte está a fazer tem merecido reconhecimento”, frisou este dinamizador cultural.

E para concluir, Tutu Sousa disse que a arte é muito importante na vida dos idosos, porque, explicar, é forma de lhes proporcionar uma expressão e manifestação do seu dia a dia.

Paulo Jorge Pinto Filipe de Sousa, popularmente conhecido por Tutu Sousa, nasceu na ilha de São Vicente e mudou-se para a ilha de Santiago ainda criança, onde se interessou e iniciou o seu percurso nas artes.

Tutu Sousa tem já um currículo onde constam várias formações em artes gráficas e artes plásticas, exposições conjuntas e individuais e o primeiro lugar em alguns concursos artísticos.

Holanda, Alemanha e os Estados Unidos são alguns países em que já fez exposições.

Além da pintura, o artista, que começou a pintar 1990, aos 16 anos, também explora a escultura em madeira, gesso e pedra e artes manuais, usando materiais como latas e arames.

Ainda usa desde 1995 a técnica de pintura em café que também já o levou a expor no estrangeiro e no arquipélago.

Comentários