Artigo

Troféus para vencedores do Prémio Nacional da Qualidade produzidos com produtos genuinamente cabo-verdianos

Os troféus destinados as seis entidades vencedoras da primeira edição do Prémio Nacional da Qualidade (PNQ) foram confecionados com produtos genuinamente cabo-verdianos, informou hoje o presidente do Instituto de Gestão da Qualidade e da Propriedade Intelectual (IGQPI).

créditos: Inforpress

“Na produção dos troféus os artesãos utilizaram os materiais exclusivamente nacionais, nomeadamente pedra basáltica, madeira e outros materiais em abundância no território e que não têm sido utilizados”, disse Abraão Lopes em declarações à Inforpress.

O presidente do IGQPI acrescentou que os troféus foram desenhados e produzidos por artesãos nacionais, através do Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD) e em parceria com o IGQPI.

“Queremos demonstrar com estes troféus que é possível produzir com alta qualidade peças de artesanato, utilizando capacidade e matéria-prima nacional, sublinhou, indicando que, desta forma, o IGQPI está a valorizar o artesanato nacional, os artesãos cabo-verdianos e produto interno.

As seis entidades vão receber os troféus em São Vicente, esta sexta-feira, durante uma gala intitulada “Cooperação para Competitividade”, dedicada ao tema qualidade.

O evento é promovido no âmbito da XXI edição da Feira Internacional de Cabo Verde que decorre de 15 a 19 de Novembro.

Num universo de 27 concorrentes, três instituições foram as vencedoras da primeira edição do Prémio Nacional da Qualidade.

A CV Telecom, a Casa do Cidadão e a Labojovem foram as vencedoras diamante nas categorias Grandes, Médias e Pequenas organizações, respetivamente, da I edição do Prémio Nacional de Qualidade.

Os outros vencedores foram as empresas Moave, na categoria de Médias Organizações com o nível bronze, e nas Pequenas Organizações a GMS e Radar foram atribuídos os níveis prata e bronze, respetivamente.

Esta primeira edição contou com candidaturas provenientes das ilhas de Santo Antão, São Vicente, Sal, Boa Vista, Santiago e Fogo.

O PNQ foi criado no âmbito das atividades de promoção da qualidade em benefício das organizações e encontra-se enquadrado com a organização dos Prémios da Qualidade da CEDEAO, que permitirá selecionar a organização que representará Cabo Verde no Prémio da Qualidade da referida região.

Comentários