Artigo

São Filipe: Centro Sete Sóis Sete Luas acolhe exposição do pintor e escultor italiano

A exposição vai estar patente de 22 de abril e 04 de maio.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v80), quality = 80

créditos: Inforpress

O centro “Sete Sóis Sete Luas” da Cidade de São Filipe acolhe entre 22 de abril e 04 de maio uma exposição do pintor, escultor e desenhador italiano Paolo Grigò.

Ao todo, são 15 quadros deste artista italiano da região de Toscana, que, segundo uma nota de imprensa, retratam a marca da força criadora do artista, transmitem o vigor dos estados de espírito, suscitam afinidades que evocam prazer já experienciados e têm uma tensão espiritual fortíssima.

“O artista deteta a beleza através da representação da harmonia e graças ao impulso do eros; as cores imprimem na tela os tons acesos do vermelho, do amarelo, do verde. O signo deixado no papel evoca Leonardo, mas decididamente imbuído de contemporaneidade”, lê-se no documento suporte da exposição que decorre durante cerca de 45 dias.

A abertura da exposição, segundo Carlos Lúcio, responsável pelo Centro “Sete Sóis Sete Luas”, contará com um concerto da Orkestra Popular do Fogo, uma banda residente criada no âmbito do centro, assim como degustações de restaurante que funciona no mesmo espaço.

Carlos Lúcio disse que o CSSSL foi inaugurado em Novembro de 2016 e no passado mês de Janeiro recebeu uma exposição de um artista internacional.

A exposição enquadra-se na programação dos Centrum Sete Sóis Sete Luas durante o mês de Março e é realizada com o apoio da delegação da União Europeia em Cabo Verde e das Câmaras Municipais que integram a rede de festival sete sois sete luas, nomeadamente Brava, Maio, Ribeira Grande de Santo Antão, São Filipe e do Tarrafal de Santiago.

Comentários