Artigo

Primo de Rihanna morto a tiro: "Vou amar-te para sempre"

O primo da cantora tinha 21 anos.

Tavon Kaiseen Alleyne, primo de Rihanna, foi morto a tiro esta terça-feira, 26 de dezembro, numa rua de Saint Michael, em Barbados, terra natal da cantora. Nas redes sociais, a artista partilhou várias fotografias para recordar o familiar.

"Descansa em paz primo... mal acredito que ainda ontem à noite te tinha nos meus braços! Nunca pensei que seria a última vez que sentiria o calor do teu corpo!!! Vou amar-te para sempre", escreveu Rihanna no seu Instagram.

No final do texto, a cantora usou ainda a hashtag "#endgunviolence", pedindo que acabem com a violência com armas de fogo.

Tavon Kaiseen Alleyne tinha 21 anos e foi morto esta segunda-feira no seu bairro. Segundo a imprensa local, o jovem "foi abordado por um homem que lhe deu vários tiros".

Comentários