Artigo

Praia acolhe I Festival Internacional da Lusofonia de Conto de Estórias em março de 2018

A Cidade da Praia vai ser palco do primeiro Festival Internacional da Lusofonia de Conto de Estórias, que acontece em Março de 2018, informou hoje à Inforpress o investigador e contador de estória Gil Moreira.

créditos: Expresso das Ilhas

Para a concretização do projeto, Gil Moreira, em parceria com o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e o Instituto do Património Cultural, tem agendado, no âmbito do Dia Nacional da Cultura, que se celebra a 18 de Outubro, um encontro com todos os contadores de estórias da Ilha de Santiago.

Segundo informou, no sábado, 14, está previsto um encontro com os contadores de estórias do interior da Ilha de Santiago e o IPC, na cidade de Assomada (Santa Catarina), e, no dia 18, um encontro semelhante está previsto na Biblioteca Nacional, na Cidade da Praia.

“Vai ser um encontro de reflexão, para avaliarmos qual é o ponto da situação dos contadores de estórias no país. Posteriormente, haverá uma formação para os jovens contadores de histórias para que possamos criar uma nova dinâmica, que culmina com o festival internacional no mês de Março”, indicou.

Gil Moreira disse à Inforpress, que está a “beber” na Companhia Cultural de Contadores de Estórias da Costa de Marfim, que abarca o Burkina Faso, a Libéria, o Níger e o Senegal, para trazer essa dinâmica e organização para Cabo Verde, onde há um “grande elenco” de contadores de estórias.

Ainda para começar essa dinâmica, informou que no próximo dia 31, no âmbito do Festival Literário Morabeza, que acontece de 30 de Outubro a 05 de Novembro, na Cidade da Praia, vai fazer o lançamento de um projeto de conto intitulado “Djubenso Mendes, contador de estória”, no Palácio da Cultura Ildo Lobo.

Comentários