Artigo

Poeta José Luíz Tavares representa Cabo Verde no I Encontro Internacional de Poesia

O evento acontece de 12 a 14 de outubro em Ponta Delgada, nos Açores.

Poeta

créditos: Inforpress

O escritor cabo-verdiano residente em Portugal José Luíz Tavares representa Cabo Verde no I Encontro Internacional de Poesia, que acontece de 12 a 14 de outubro, em Ponta Delgada, nos Açores – Portugal.

Subjugado ao tema “A Condição de Ilhéu”, este evento, organizado pela Câmara Municipal de Ponta Delgada, conta com a participação de 15 poetas de Itália, Cabo Verde, Canárias, Madeira e mais 30 das Ilhas de São Miguel, residentes em Lisboa.

Cabo Verde será representado por José Luíz Tavares, autor de “Paraíso Apagado por um Trovão (2003); “Agreste Matéria Mundo (2004); “Lisbon Blues seguido de Desarmonia” (2008); Cabotagem & Ressaca (2008); “Cidade do Mais antigo Nome” (2009); “Coração de lava” (2014); “Contrabando de Cinzas” (2016).

Segundo informações da autarquia de Ponta Delgado, na sua página na Internet, o programa arranca no dia 12 de outubro, com a inauguração de uma exposição de pintura representativa da Macaronésia (Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde), seguida de lançamento de um livro com nove poemas insulares de nove poetas contemporâneos das nove ilhas.

Na sexta-feira, 13, realiza-se a sessão “Os poetas ao encontro dos estudantes”, na biblioteca da escola secundária Antero de Quental, a que se segue o lançamento de livros de Nuno Costa Santos e Daniel Gonçalves.

No terceiro e último dia deste encontro internacional, a 14 de outubro, a biblioteca da escola Antero de Quental recebe uma homenagem ao poeta português Eduíno de Jesus, enquanto o Centro Cultural Natália Correia acolhe o lançamento do livro de poemas de Paula de Sousa Lima e Leonardo Sousa.

O I encontro internacional da poesia termina com uma gala de poesia, no Forte de São Brás.

Comentários