Artigo

Omar Camilo expõe “Fragmentos Vitais” no Centro Cultura Português da Praia

A exposição vai estar patente ao público de 29 de setembro a 06 de outubro.

Uma exposição de pintura de Omar Camilo, intitulada “Fragmentos Vitais”, é inaugurada sexta-feira, 29, no auditório do Centro Cultural Português, na Cidade da Praia.

A mostra, que reúne 10 quadros “de grande qualidade artística, de médio e grande formato”, é promovida pelo Centro Cultural Português/Camões Instituto da Cooperação e da Língua da Praia, e estará patente ao público até 06 de outubro.

A exposição, cujo argumento se baseia na preocupação do pintor “pelo equilíbrio, ecológico, ético, social, humano no planeta”, é apontada como “uma chamada de atenção sobre os tempos atuais”.

“Em 10 trabalhos de grande qualidade artística, de médio e grande formato, cujo argumento se baseia na preocupação do pintor, pelo equilíbrio, ecológico, ético, social, humano no planeta. É uma chamada de atenção sobre os tempos atuais, matamos a rainha, queimamos o nosso Mel…são fragmentos vitais, reflexões, insónias, canções partidas”, lê-se na nota de apresentação.

Omar de la Caridad Pérez Hernández nasceu em 1964, em Cuba, onde fez estudos em direção de cinema e televisão.

Entre 1987 e 1999 dirigiu mais de 100 programas e documentários, tendo participado, em representação de Cuba, em diversos festivais internacionais de audiovisual e multimédia.

Omar Camilo (nome artístico) integra a União Nacional de Escritores e Artistas de Cuba e a Associação de Documentaristas Latino-americanos.

Produtor, músico e escritor, o seu trabalho de divulgação da cultura cubana valeu-lhe a atribuição de vários diplomas, prémios e menções em Cuba e estrangeiro.

Comentários