Artigo

Doze artistas cabo-verdianos participam na XXIX Feira Internacional de Artesanato de Lanzarote

Durante a feira, Cabo Verde terá um stand com a exposição de produtos de artesanato e ainda fotografias alusivas ao turismo do arquipélago.

créditos: Inforpress

Uma delegação cabo-verdiana integrada por 13 elementos, sendo 12 artistas, participa de hoje e até domingo, na vigésima nona edição da Feira Internacional de Artesanato de Lanzarote, na Cidade de Mancha Blanca-Tinajo nas ilhas Canárias.

De acordo com um comunicado do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC), esta é a primeira vez que Cabo Verde é convidado a participar neste evento que marca o processo de internacionalização da cultura de Cabo Verde.

Seis artesãos e um grupo de música tradicional para animação foram convidados a participar nesta da XXIX Feira Internacional de Artesanato de Lanzarote, informa o comunicado do MCIC.

Albertino Silva, da ilha de São Vicente, Maria Varela e Edna, oleiras de Trás-os-Montes, Tarrafal de Santiago, Carlos Gomes (fibra e vegetal), Kutu (panu di tera) e ainda Miguel Fortes, da ilha de São Nicolau, são os artesãos cabo-verdianos participantes da feira.

Durante a feira, Cabo Verde terá um stand com a exposição de produtos de artesanato e ainda fotografias alusivas ao turismo do arquipélago.

A nível da música tradicional, Cabo Verde será igualmente representado neste evento pelo grupo de batuco Tradison di Tera.

Para além dos artistas, acompanha a delegação cabo-verdiana nesta viagem o diretor do Centro Nacional do Artesanato e Design (CNAD), Irlando Ferreira, que tem como missão também estabelecer possíveis parcerias no domínio do artesanato durante o Fórum Permanente de Artesanato e Design-Created in CV.

A Feira Internacional de Artesanato de Lanzarote é organizada pelas Consejería de Indústrias, Comércio e Energia.

Comentários