Artigo

Djodje, Tabanka Jazz e Bulimundo entre os artistas presentes nas festas de Nhô São Filipe

A praça do Presídio é palco dos espetáculos das festas do Município e da Bandeira de Nhô São Filipe.

As festividades de comemoração do centenário da Bandeira de Nhô São Filipe tiveram início no dia 24 de abril com atividades religiosas e culturais.

Um dos pontos altos das festas acontece na praça do Presídio onde artistas nacionais e internacionais atuam, muitas vezes até o raiar do sol.

Ontem, 26, foi dia da festa 'I Love Cabo Verde in Fogo By Sigui Sabura' e contou com a participação de Elji, Du Marthaz, DMX e os DJs Hebraico, Kappah, Dos, Maurice e Banzi.

Para hoje, 27, o palco está reservado para os artistas Grace Évora, Lejemea, Charbel, Jorge Neto e o grupo Cordas do Sol. O espetáculo começa as 22 horas.

No dia 28 atuam no Presídio Josslyn, Dynamo, Ricky Boy, Tubarões, Tó Semedo e Loony Johnson. No mesmo dia, à tarde, acontece o Torneio Quadrangular de futebol.

O Coletivo do Fogo, composto por artistas locais, abre as atuações no sábado, dia 29. Assol Garcia, Neusa, Jorge Sena, entre outros artistas, fecham a noite.

No domingo, dia 30, é a vez de Zé Delgado, Cabo Verde Show, Djodje e os Tabanka Jazz animarem a noite na cidade de São Filipe.

Para o dia 01 de maio estão programadas as habituais atividades religiosas, Cavalgada e Passagem da Bandeira.

E para encerrar a 'maratona' de bailes, o Presídio recebe o grupo Fogo em Chama, o cantor Zé Rui de Pina e Banda e o grupo Bulimundo.

Para além de música, o Presídio foi palco do concurso Miss São Filipe que este ano teve como vencedora a jovem Daiana Barbosa Pinto. O concurso aconteceu no dia 25 e contou com 14 candidatas.

As festas de Nhô São Filipe são das mais conhecidas festas populares no arquipélago de Cabo Verde.

Acontecem entre 25 de Abril e 1 de Maio e desenvolvem-se inúmeras manifestações populares, tais como: Pilão, Matança, Canisade, Mastro, juramento da Bandeira, missa e procissão, bandeira da praia, cavalhadas ou corridas de cavalos e enterro da bandeira.

Comentários