Artigo

Ciclo Internacional de Contadores de Estórias vai fazer parte do Mindelact-2017

O ciclo contará com a participação de Angelo Torres (S. Tomé e príncipe), Clara Haddad (Brasil), Adriano Reis (Cabo Verde-Migração), Ana Sofia Paiva (Portugal) e Irina Fonseca (Cabo Verde).

créditos: Inforpress

O Ciclo Internacional de Contadores de Estórias (CICE) vai fazer parte, a partir deste ano, do Festival Internacional de Teatro do Mindelo -Mindelact-2017, apurou hoje a Inforpress em Lisboa.

Esta ação, anunciada no âmbito do dia Internacional da Narração Oral que hoje se assinala, vai ser possível devido a um protocolo assinado entre as Direções do Mindelact e da Associação RJ-Anima-Associação de Dinamização Ambiental, Social e Cultural de Agualva-Cacém, Portugal que assumirá a Curadoria do Encontro Internacional de Contadores de Estórias.

Assim, no âmbito deste projeto é de referir que a contadora de estórias tradicionais de Cabo Verde Zenaida Medina, do Mindelact, vai estar presente na II Edição do Aqu´Alva Stória que vai decorrer em Agualva-Cacém, no concelho de Sintra, Portugal, de 01 a 08 de abril próximo.

O Ciclo Internacional de Contadores de Estórias tradicionais que vai decorrer entre 3 e 11 de novembro, enquadrado no Festival Internacional de Teatro - Mindelact-2017, considerado o maior evento de artes cénicas da África Ocidental e Lusófona, contará com a participação de Angelo Torres (S. Tomé e príncipe), Clara Haddad (Brasil), Adriano Reis (Cabo Verde-Migração), Ana Sofia Paiva (Portugal) e Irina Fonseca (Cabo Verde).

Em Cabo Verde a tradição dos contadores de estórias está diretamente relacionada com a soleira da porta, onde os mais velhos sentavam-se com as crianças à volta, para contar histórias de espantar e encantar.

Ainda hoje, nos meios rurais, este hábito se mantém e a tradição oral crioula tem uma riqueza incalculável, que se pretende preservar, divulgar e enriquecer.

Comentários