Artigo

“Cabo Verde - um caso a ser estudado” é apresentado nas cidades da Praia e Assomada

O livro “Cabo Verde - um caso a ser estudado”, de Carlos Fortes Lopes, vai ser apresentado quinta e sexta-feira, nas cidades da Praia e Assomada, respetivamente.

créditos: Inforpress

Trata-se, segundo o autor, de uma compilação de artigos de opinião sobre a realidade social do país, no período entre 2011 e 2016, com capítulos sobre a regionalização de Cabo Verde, Aviação Civil e os massacres decorridos durante a ditadura.

A obra, em português, está também disponível em inglês – "A Global Case Study –  Cabo Verde Islands".

À Inforpress, o autor explicou que quis com a narrativa despertar a consciência do cabo-verdiano, incentivar, especialmente os jovens, a escrever, criticar e aplaudir aquilo que de facto veem e constatam.

Com mestrado em Psicologia, Carlos Lopes Fortes, que fez também jornalismo na rádio e na televisão, acentua que a razão que o levou a escrever é por ser um cidadão muito crítico em relação à governação do país, o que, aliás, deu origem ao livro “Cabo Verde – um caso a ser estudado”.

"São Nicolau - Sua História e Suas Gentes - Família Badjid" e “Versos Soltos” são outras obras do autor, natural da ilha do Sal a residir em São Vicente desde 2013, depois de longos anos emigrante nos Estados Unidos, em Brockton.

O livro de Carlos Fortes, dado à estampa pela sua própria editora, “Cabo Verde Editora”, sediada nos Estados Unidos, já foi apresentado nas ilhas do Sal e São Nicolau e deverá ser também mostrado em São Vicente e no Fogo.

A apresentação da obra vai estar a cargo de António Alte Pinho e Rosário da Luz, na Livraria Pedro Cardoso, Cidade da Praia, às 18:00 e no Centro Cultural Norberto Tavares, em Assomada, às 16:00.

Comentários