Artigo

“A Matriarca” novo livro da escritora e jurista Vera Duarte lançado na Cidade da Praia

O livro intitulado “A Matriarca”, da autoria da escritora Vera Duarte, foi lançado ontem, 12, na Cidade da Praia, num ato presenciado pelo presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, e com a presença de várias personalidades e individualidades.

foto@RTC

Artistas, estudantes universitários, jornalistas, crianças, entre outras individualidades, encheram o Centro Cultural Português no lançamento do romance que, segundo a autora, dá voz a várias gerações, em homenagem a seus pais e às mulheres cabo-verdianas.

Em declarações à Inforpress, antecedendo a apresentação da obra, Daniel Medina disse que “A Matriarca”, é um livro “escrito no feminino e de fácil leitura”, que procura resgatar a mestiçagem ancestral e contemporânea dos cabo-verdianos, a partir de representações sobre a vida social e das práticas culturais.

“A Matriarca”, segundo a mesma fonte, simboliza uma mulher “guerreira, lutadora e pujante”, que tem cruzamento de várias raças e fala de amores, de preconceitos, de sonhos, de mestiçagens.

“É um livro atual dos nossos dias”, disse o apresentador da obra que recomenda a leitura deste romance.

O jornalista Daniel Medina disse também que o livro poder ser lido por um jovem de 15/16 anos como também por uma pessoa de 80/90 anos de idade, porque faz com que se recordem histórias de Cabo Verde e das coisas que acontecem no dia-a-dia.

Vera Valentina Benrós de Melo Duarte Lobo de Pina é jurista e escritora, e foi ministra da Educação e do Ensino Superior de Cabo Verde.
Entre as suas publicações constam o livro de poesia “Amanhã amadrugada (1993), “O arquipélago da paixão” (2001), “Preces e súplicas ou os cânticos da desesperança” (2005), “Exercícios poéticos” (2010), “A candidata” (2003) e “Construindo a utopia” (2007).

Vera Duarte foi eleita membro da Academia Ciência de Lisboa no passado dia 09 de Maio.

Comentários