Artigo

Uma Thurman junta-se ao novo filme do controverso Lars von Trier

O controverso cineasta dinamarquês vai abordar a história de um assassino em série.

A atriz americana Uma Thurman será uma das protagonistas do próximo filme de Lars von Trier, "The House That Jack Built", a história de um assassino em série, cujas filmagens acabam de começar na Suécia, confirmou esta terça-feira uma jornalista da agência AFP.

Uma Thurman, conhecida mundialmente pelos seus papéis em "Pulp Fiction" e "Kill Bill", de Quentin Tarantino, junta-se ao compatriota norte-americano Matt Dillon e ao alemão Bruno Ganz no que representa o regresso do cineasta dinamarquês desde "Ninfomaníaca" (2013), onde a atriz fez uma pequena participação.

Riley Keough, neta de Elvis Presley e atriz de "Mad Max", também participará no filme.

A longa-metragem, cuja estreia está prevista para 2018, vai ser rodada em Bengtsfors, uma localidade próxima a Trollhättan (oeste), considerada a Meca do cinema sueco, assim como na Dinamarca.

O filme conta a história de Jack (Matt Dillon), um assassino em série extremamente inteligente nos Estados Unidos dos anos 1970, que via em cada assassinato uma obra de arte.

"Contra qualquer lógica", Jack "assume riscos cada vez maiores, apesar de sua prisão iminente", afirma a produção.

Conhecido por seu humor negro e caráter provocador, Lars von Trier foge dos jornalistas desde 2011, quando foi declarado "persona non grata" no Festival de Cannes depois de ter expressado a sua simpatia por Hitler e criticado Israel.

Comentários