Artigo

Realizador de "Os Vingadores" leva Batgirl ao cinema

Joss Whedon passa da Marvel para a DC Comics e a primeira aventura da Batgirl como protagonista.

Joss Whedon 'abandonou' a Marvel e "Os Vingadores" pela DC Comics para fazer o primeiro filme da Batgirl.

O realizador vai escrever o argumento, realizar e produzir o projeto, que ainda não tem título e fará parte da estratégia da extensão do universo cinematográfico da DC, onde já estão "Mulher-Maravilha", "Justice League" e "Aquaman".

Para além da experiência que já tem do universo Marvel, Whedon também foi o criador da série de culto "Buffy, Caçadora de Vampiros".

Nos 'comics', a Batgirl é filha de James Gordon, o comissário de Gotham. É provável que Whedon inclua outras personagens da cidade, nomeadamente Alfred Pennyworth (Jeremy Irons) e o próprio Batman, Bruce Wayne (Ben Affleck).

Apesar da personagem  ter 'nascido' em 1967, tornando-se uma das super-heroínas mais populares do mundo, apenas apareceu uma vez no cinema, como secundária no desastroso "Batman & Robin" (1997), onde era interpretada por Alicia Silverstone.

Joss Whedon, que também fez "Vingadores: A Era de Ultron" (2015), disse que voltaria à Marvel se esta avançasse com um filme baseado na personagem da Viúva Negra (Scarlett Johansson), o que ainda não aconteceu.

De facto, o primeiro filme do estúdio com uma personagem feminina como protagonista será "Capitã Marvel", que chega aos cinemas em 2019 com Brie Larson depois de 10 anos em desenvolvimento.

Pelo contrário, a DC Comics e a Warner avançaram rapidamente com as suas personagens femininas como estrelas: além da "Mulher-Maravilha" interpretada por Gal Gadot que estreia em junho, está a preparar um projeto baseado em Harley Quinn (Margot Robbie), que fez a estreia na equipa do "Esquadrão Suicida".

Comentários