Artigo

Mais Óscares? Spielberg prepara filme com Tom Hanks e Meryl Streep

"The Post" vai abordar um dos episódios mais importantes do papel de fiscalização das ações do governo americano por parte da comunicação social.

Steven Spielberg vai juntar mais um projeto à sua ocupadíssima agenda.

O cineasta aceitou dirigir Tom Hanks e Meryl Streep em "The Post", que vai abordar um dos momentos mais importantes nos EUA do papel da imprensa na fiscalização das ações do Estado, tema que volta a estar na ordem do dia com a nova administração do presidente Donald Trump.

A intriga andará à volta dos chamados "Pentagon Papers" [Papéis do Pentágono], um documento secreto de 14 mil páginas retirado por um funcionário, Daniel Ellsberg, que detalhava a política e intervenção norte-americana na guerra do Vietname.

A história acompanhará a disputa pelo direito a publicá-los que opôs em 1971 o jornal Washington Post, liderado pela editora Kay Graham e editor-chefe Ben Bradlee (Streep e Hanks), e o governo norte-americano.

Ben Bradlee e Kay Graham voltaram a ter um papel importante na denúncia do caso Watergate entre 1972 e 1974.

Meryl Streep foi a voz da fada azul em "A.I. Inteligência Artificial" (2001) e vai narrar "Five Come Back", um documentário do Netflix com produção de Spielberg, mas "The Post" será a quinta vez que o realizador e Tom Hanks trabalham juntos, depois de "O Resgate do Soldado Ryan" (1998), "Apanha-me Se Puderes" (2002), "Terminal de Aeroporto" (2003) e "A Ponte dos Espiões" (2015).

O realizador já acabou de filmar "Ready Player One", um regresso à ficção científica com Tye Sheridan, Olivia Cooke, Ben Mendelsohn, Mark Rylance e Simon Pegg.

"The Post" terá de ser encaixado entre "The Kidnapping of Edgardo Mortara", um drama histórico sobre perseguição religiosa com Mark Rylance e Oscar Isaac que estreia a 30 de março de 2018, e "Indiana Jones 5", marcado para chegar aos cinemas a 19 de junho de 2019.

Comentários