Artigo

Globos de Ouro: Oprah Winfrey põe sala de pé com poderoso discurso

Oprah Winfrey usou o seu discurso para fazer uma meditação inspiradora, anunciando às mulheres que "a hora delas chegou".

Gary Oldman, James Franco, Frances McDormand e Saoirse Ronan foram alguns dos atores distinguidos pelos Globos de Ouro, mas o grande discurso da noite foi de Oprah Winfrey.

Numa noite pesada marcada evocação dos escândalos sexuais que dominam Hollywood, Oprah Winfrey, uma das mulheres mais influentes do mundo, pôs de pé o auditório dos Globos de Ouro, com um discurso contra “os homens poderosos e brutais” que dominaram o mundo, afirmando que “o seu tempo chegou ao fim”.

Foi com um grande aplauso que foram recebidas as palavras da apresentadora de televisão e atriz norte-americana, a quem foi atribuído o Globo de Ouro Cecil B. DeMille, por ser “um exemplo a seguir para mulheres e jovens”, além de “uma das mulheres mais influentes” da atualidade, segundo a Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês).

A também produtora e empresária começou por recordar quando, ainda criança, foi inspirada a transceder as suas humildes origens ao assistir pela televisão à cerimónia dos Óscares onde Sidney Poitier venceu o Óscar de Melhor Ator, o mesmo Sidney Poitier que viria a ser distinguido também com o Cecil B. DeMille nos Globos de Ouro de 1982.

Ver artigo completo

Comentários