Artigo

Estrela de "Star Wars" sente grande frustração com "O Despertar da Força"

Durante a celebração da saga em Orlando, Mark Hamill revelou que falta uma cena entre Luke Skywalker e outra personagem.

Durante a celebração da saga "Star Wars", que teve lugar entre 13 e 16 em Orlando, na Flórida, Mark Hamill, o ator que interpreta Luke Skywalker, revelou que tem uma crítica em relação ao episódio VII, "O Despertar da Força": a falta de uma última cena que juntasse a sua personagem com Han Solo (Harrison Ford).

Como sabem todos os espectadores desse filme realizado por J.J. Abrams, Luke apenas aparece nos segundos finais e não tem diálogos, muito depois de Han morrer às mãos do próprio filho, Ben, agora conhecido por Kylo Ren, ao tentar salvá-lo do Lado Negro da Força.

Hamill até tinha uma ideia de como podia ter sido o reencontro.

"Quando estava a ler [o argumento] pensei que se a Leia está a tentar contactar-me mentalmente e não tem sucesso, iria pedir o seu auxílio [de Han] e acabar numa situação terrível e é nessa altura em que apareço", recordou durante uma entrevista ao Fandango.

"Salvo a sua vida e depois corremos para o Han e nessa altura estamos no mesmo lugar em que estão Rey [Daisy Ridley], Finn [John Boyega] e Chewie: demasiado tarde para o salvar, mas testemunhas", acrescentou.

Hamill chegou a dizer que acha que foi "uma oportunidade perdida", mas acrescentou que tem muitas "ideias terríveis" sobre a saga que gosta de partilhar não vá existir alguma de que o realizador goste.

Comentários