Artigo

Disney faz nova versão de "Branca de Neve e os Sete Anões"

A argumentista de "A Rapariga no Comboio" vai escrever o novo projeto em imagem real baseado no grande clássico de 1937 da Disney.

Vem aí mais um filme em imagem real baseado num dos clássicos da animação da Disney. E será um dos mais ambiciosos: "Branca de Neve e os Sete Anões".

A Disney insiste assim numa tendência que tem dado grandes resultados nas bilheteiras. Depois de "Alice no País das Maravilhas" (2010), "Maléfica" (2014), "Cinderela" (2015) ou "O Livro da Selva" (2016), a Disney tem vários filmes em preparação que adaptam os seus clássicos da animação para o público contemporâneo, nomeadamente "Mulan", "O Rei Leão" e "Aladdin".

O próximo a chegar aos cinemas será "A Bela e o Monstro", com Emma Watson.

Nenhum ator ou realizador está ainda associado ao novo projeto, mas de acordo com o Hollywood Reporter, Erin Cressida Wilson, que adaptou "A Rapariga no Comboio" ao cinema, está em negociações avançadas para escrever o argumento.

O novo filme irá abordar mais história e incluirá novas canções da autoria de Benj Pasek e Justin Paul, que estão a fazer um brilharete em Hollywood com o trabalho que fizeram no musical "La La Land", com Emma Stone e Ryan Gosling, considerado um favorito aos Óscares do próximo ano.

Baseado num conto dos irmãos Grimm sobre uma jovem princesa invejada pela sua madrasta e protegida por um grupo de anões, a animação de 1937 foi a primeira longa-metragem da Disney e o seu gigantesco sucesso foi determinante para a consolidação do estúdio. Recebeu um Óscar honorário.

Entre as várias adaptações que a história teve no cinema, uma das mais bem sucedidas foi "Branca de Neve e o Caçador" em 2012, com a personagem interpretada por Kristen Stewart.

Comentários