Artigo

Depois de "Esquadrão Suicida", Margot Robbie vai ser assaltante de bancos

Margot Robbie está rapidamente a tornar-se a atriz mais ocupada de Hollywood, não parando de acumular projetos. O próximo é "Dreamland".

Margot Robbie vai ser a estrela de "Dreamland", um 'thriller' que vai ser realizado por um dos novos talentos queridos do cinema indie americano, o vencedor do Festival de Sundane Miles Joris-Peyrafitte.

O projeto fez parte da lista de 2015 da "Black List", uma compilação dos argumentos mais prometedores votada por muitos responsáveis de Hollywood.

A história acompanha um rapaz de 15 anos que tenta capturar uma assaltante de bancos (Robbie) fugida à justiça e recolher a recompensa que permitirá salvar a quinta da sua família, em risco de passar para o banco. E realmente ele consegue bater a concorrência e encontrá-la, mas acaba por descobrir que representa muito mais do que dizem as autoridades.

Decorre tudo nos anos 1930, durante a devastação económica e ambiental conhecida por Dust Bowl, quando as tempestades de areia e a seca afetaram durante quase uma década as Grandes Planícies, o território central dos EUA e Canadá.

Margot Robbie também vai ser uma das produtoras, confirmando o grande poder de influência que conseguiu desde que Martin Scorsese a escolheu para "O Lobo de Wall Street" em 2013.

A australiana de 26 anos é uma das mais ocupadas de Hollywood. Para os próximos tempos estão alinhados "Terminal", um filme sobre assassinos profissionais; "Goodbye Christopher Robin", um 'biopic' sobre o escritor A.A. Milne ("Winnie the Pooh); e "I, Tonya", sobre a patinadora caída em desgraça Tonya Harding.

Além disso, Harley Quinn, a sua personagem de "Esquadrão Suicida", será promovida a protagonista de "Gotham City Sirens" e prepara-se ainda para ser Isabel I de Inglaterra em "Mary Queen of Scots", um projeto onde Saoirse Ronan será a rival Maria Stuart, rainha da Escócia.

Comentários