Artigo

"As Cinquenta Sombras Mais Negras" terá menos sucesso do que o primeiro filme?

"As Cinquenta Sombras de Grey" foi um fenómeno nas bilheteiras, mas a previsão é que a continuação renda muito menos dinheiro.

Inquéritos antes da estreia sugerem que "As Cinquenta Sombras Mais Negras" vai fazer entre 35 a 40 milhões de dólares nos primeiros três dias de estreia nos EUA, entre 10 e 12 de fevereiro.

A confirmar-se, será menos de metade do primeiro filme: em 2015, com uma estreia num fim de semana a coincidir com o Dia dos Namorados, "As Cinquenta Sombras de Grey" arrecadou 85 milhões de dólares naquele país, acabando nos 166 milhões, a que se juntaram 405 milhões nos mercados internacionais. Tudo com um orçamento modesto de 44 milhões.

Este ano, o Dia dos Namorados cai numa terça-feira, o que é uma grande desvantagem, mas vários analistas em Hollywood acreditam que também já não existe tanta curiosidade com o fenómeno erótico criado pela escritora E.L. James.

Em Portugal, o número a ter em conta é 502.007: foram estes os bilhetes vendidos para o primeiro filme, que está no 36º lugar dos mais vistos desde 2004.

Fontes da produção defendem que os 40 milhões de uma estreia americana colocam "As Cinquenta Sombras Mais Negras" automaticamente no bom caminho para ser um sucesso comercial, uma vez que custou 55 milhões. Também referem que o primeiro filme teve uma estreia muito inflacionada que ultrapassou as expetativas.

O terceiro filme, "Fifty Shades Freed", foi filmado em simultâneo e estreia em fevereiro de 2018.

Portugal será um dos países integrados na estreia mundial do regresso de Dakota Johnson a Jamie Dornan como Anastasia Steele e Christian Grey: a estreia é a 9 de fevereiro.

Trailer.

Comentários