Artigo

A culpa é do palhaço: Burger King tenta banir filme "It" na Rússia

A rivalidade entre Burger King e McDonald's chega a outro nível na Rússia.

A rivalidade entre Burger King e McDonald's chega a outro nível na Rússia.

A Burger King na Rússia apresentou uma queixa que tem como objetivo banir o filme "It".

A justificação é que se trata de "propaganda" da concorrência: o palhaço Pennywise é parecido com a mascote Ronald McDonald e por isso trata-se de publicidade para o rival do 'fast-food' McDonald's.

A autoridade anti-monopólio federal na Rússia confirmou que recebeu a queixa e a está a analisar para determinar se o filme tem publicidade ou "product placement".

A porta-voz salvaguarda que "não podemos tratar o conteúdo do filme porque o argumentista e o realizar têm o seu próprio entendimento criativo de cada personagem".

Não existe um prazo legal para analisar uma queixa deste género. Tal como aconteceu noutros países, "It" estreou na Rússia a 7 de setembro e fez o equivalente a 14 milhões de dólares nas bilheteiras.

Ainda está em exibição em mais de 100 salas, apurou o The Hollywood Reporter.

Com quase 500 milhões de receitas a nível mundial, a sequela está prevista para setembro de 2019.

Comentários